Archive for agosto, 2017

Conheça as 11 regras para o sucesso, segundo a Apple

Um ex-funcionário da Apple guardou durante mais de uma década o conjunto de dicas para o sucesso da gigante de tecnologia. Antigo consultor de soluções da empresa, Huxley Dunsany compartilhou um cartão plastificado que seu ex-chefe lhe deu em 2004 com 11 estratégias para alcançar o sucesso.

A imagem foi postada no Reddit. Segundo o texto, o cartão distribuído por John Brandon, executivo da empresa, aos funcionários que supervisionava. “Ele realmente parecia viver de acordo com essas regras e fez a empresa toda se sentir realmente especial”, disse Dunsany.

As regras são:

1. Abandone o velho, aproveite ao máximo o futuro;
2. Sempre diga a verdade, queremos ouvir as más notícias o mais cedo possível;
3. Um alto nível de integridade é esperado de você, quando estiver em dúvida, pergunte;
4. Aprenda a ser um bom empresário, não apenas um bom vendedor;
5. Todo mundo varre o chão;
6. Seja profissional no seu estilo, fala e acompanhamento dos projetos;
7. Ouça os clientes, eles quase sempre sabem do que estão falando;
8. Crie relações de ganha-ganha com nossos parceiros;
9. Tomem conta uns dos outros, compartilhar informações é algo bom;
10. Não se leve a sério demais;
11. Divirta-se, caso contrário, não vale a pena.

Dunsany trabalhou na Apple como consultor de soluções por mais de seis anos. Desde sua saída da empresa, ele diz que esses ensinamentos ficaram gravados.

O profissional também explica a regra número cinco, “todos varrem o chão”, uma das que mais o marcou: “Nenhum trabalho é ‘de baixo nível demais’ ou ‘sem importância’, a ponto de você não oferecer sua ajuda”, ele escreve. “O básico ainda importa. As pessoas sempre vão esperar que você ajude, independentemente de quão alto é seu cargo ou quão chique você pensa que é.”

> Fonte: Portal Newtrade.

> Texto também publicado no site da FCDL.

CDL Palhoça realiza workshop com dicas para vender mais e melhor

Quem trabalha com vendas já deve ter ouvido ou falado as frases “O financeiro bloqueia todos os meus clientes!” ou “O comercial só vende pra quem não paga!” e também “Minha equipe parece dois times adversários!”. As dúvidas dos empresários do setor varejista giram em torno das dificuldades que aparecem durante o processo de venda. Por isso, a CDL Palhoça, em parceria com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC), realizará no próximo dia 13 de setembro, às 19h30m, o workshop “Venda Mais e Melhor”. O evento, que acontece na sede da CDL, será ministrado por Valdemir M. da Silva, coordenador comercial da FCDL/SC.

Segundo Valdemir, o objetivo do workshop é conscientizar e capacitar seus colaboradores para uma atuação comprometida e proativa em todos os segmentos de atividade. “Cada um tem sua parcela de responsabilidade nas vendas, seja de forma direta ou indireta. Assim, é possível preservar a saúde financeira e alavancar o sucesso da organização”, destaca o coordenador​.​

O Presidente da CDL Palhoça, Josué da Silva Mattos, ressalta que “uma boa venda se dá por uma união de fatores, incluindo o preparo da equipe, as estratégias de divulgação, entre outros. Nesse workshop, mais uma vez realizado com a fundamental parceria da FCDL, os lojistas terão uma visão muito mais abrangente das formas de vender. Afinal, não existe sucesso sem trabalho e dedicação”.

As inscrições para o workshop são gratuitas e direcionadas somente aos associados da CDL Palhoça, podendo ser realizadas na sede da entidade, localizada na Rua 24 de Abril, 2943 – 2º Andar, de 2ª a 6ª feira das 08h30 às 18 horas, ou pelo telefone (48) 3242-1900.

Tópicos que serão abordados no workshop

• A crise e as oportunidades;

• Vender mais X Vender melhor;

• O novo consumidor e seu comportamento;

• Como deve ser o vendedor do século XXI;

• O que é mito e o que é verdade em vendas;

• Como conquistar e fidelizar clientes;

• A importância de conhecer e atender o consumidor;

• Como identificar desejos, necessidades e sonhos;

• Convertendo serviços e produtos em benefícios;

• O crediário como ferramenta de marketing;

• Conduzindo a venda para o fechamento;

• O uso correto de vantagens e descontos;

• Dicas para um pós-venda eficaz;

• A fonte da motivação para vender e ser feliz.

Sobre o facilitador

Valdemir M. da Silva é especialista em vendas crediário e liderança, com 25 anos de experiência na área comercial. Atua como vendedor, representante comercial, líder de equipe, gerente e coordenador.

 

SERVIÇO

O quê: Workshop Venda Mais e Melhor

Quando: 13/09/2017

Horário: a partir das 19h30m – Coffe Break às 19h00m

Local: Auditório da CDL: Rua 24 de Abril, nº 2943 – 2º Andar, Centro, Palhoça/SC

Informações e inscrições: (48) 3242-1900

Núcleo Gastronômico CDL Palhoça

Fundação do Núcleo Gastronômico da CDL Palhoça tem como objetivo transformar a cidade num pólo do segmento

Como utilizar todos os potenciais turísticos, empreendedores e profissionais quando o assunto é a gastronomia em Palhoça? Tendo como objetivo o desenvolvimento e fortalecimento do setor gastronômico no município, com foco nas empresas do ramo com sede fixa e atendimento local, o Núcleo Gastronômico (NGP) da CDL Palhoça teve sua fundação oficial na última quinta-feira, 24/08/2017.

Com a presença de colaboradores da CDL Palhoça, de empresários do setor, representantes do governo municipal e entidades convidadas, o encontro contou com uma detalhada apresentação do NGP, cujas finalidades principais incluem:

– Fortalecer, através da cooperação entre empresas participantes do NGP CDL, a gastronomia do município de Palhoça.

– Fomentar o turismo na cidade de Palhoça através da sua gastronomia.

– Aumentar o fluxo de clientes nas empresas participantes.

– Qualificar a mão de obra existente nas empresas e promover a qualificação da mão de obra da comunidade de Palhoça voltada para o setor de gastronomia.

– Tornar Palhoça um pólo de referência na região, no segmento de gastronomia.

O empresário Jorge Alexandrino Cardoso Costa, proprietário do The Liffey Brew Pub, realizou a apresentação do NGP CDL.

O empresário Jorge Alexandrino Cardoso Costa, proprietário do The Liffey Brew Pub, que realizou a apresentação, explica que o foco do núcleo em gastronomias fixas (estabelecimentos com estruturas montadas sempre no mesmo local) foi definido pelo aprendizado de uma experiência anterior. “Participávamos de outra associação e percebemos que os objetivos não estavam em comum acordo com o das gastronomias fixas. Assim, discutimos e elaboramos uma proposta ao logo dos últimos meses e optamos por esse formato. A partir de agora, vamos chamar as demais gastronomias fixas do município para fazer um plano de trabalho, ampliando as ideias para a solidificação do núcleo”

Ainda segundo Jorge, para alcançar este objetivo, é fundamental a participação ativa de cada restaurante no desenvolvimento das atividades do grupo. Além disso, neste primeiro momento, serão definidas metas claras, será elaborado um regimento interno, será criado  um caixa próprio para as ações, serão estabelecidas parcerias estratégicas (fornecedores, indústria, distribuidores, órgãos governamentais, etc), entre outras ações

Como fazer parte do NGP CDL

Presidente da CDL, Josué da Silva Mattos, falou aos presentes

O Núcleo Gastronômico está inserido na CDL Palhoça, que possui 30 anos de experiência em atender os lojistas e prestadores de serviço no município.

Para o presidente da entidade, Josué da Silva Mattos, este é um momento importante para o setor. “O crescimento expressivo do município nos últimos anos se deve muito ao empenho dos empreendedores locais. E a CDL Palhoça se dedica diariamente para tornar o trabalho do nosso associado sempre mais eficiente, trazendo ganhos tanto para os empresários, quanto para seus colaboradores e cliente. Para tanto, queremos que o Núcleo Gastronômico tenha a sua autonomia. Nosso objetivo, tanto do NGO quanto da CDL é a municipalização do trabalho, alcançando todas as partes da cidade com serviços de credibilidade”, afirma Josué.

Para participar do NGP, é necessário ser associado à CDL Palhoça, ter CNPJ no município, ser dos ramos de atividades de restaurante e lanchonete obedecendo aos CNAE’s (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) 5611201 e 5611203, ter sede fixa no município de Palhoça, realizar atendimento ao público no município de Palhoça, no endereço do seu CNPJ, estar em dia com as mensalidades do Núcleo Gastronômico e estar em dia com os alvarás necessários para funcionamento do seu estabelecimento.

Presenças registradas

A reunião de fundação do NGP contou com a participação do Secretário Municipal de Turismo de Palhoça, Adriano Mattos, representando o Prefeito Camilo Martins, que destacou ser um passo muito importante para a organização do setor gastronômico na cidade. “Palhoça tem se desenvolvido muito na questão da gastronomia, como comprovam inaugurações recentes de empreendimentos já reconhecidos em outros lugares. E temos um grande potencial para criarmos um pólo gastronômico. Na fundação desse núcleo, o que eu vejo de mais importante é a classe empresarial organizada e unida, sem depender exclusivamente do poder público”, destacou Adriano.

Também registraram presença no evento Janira Mattos (Koala Burguer), Alexandre Kinto (Temakin), Artur Fernando Prass (Big Bamboo), Marcos Antônio Souza (Faculdade Municipal), Alexandre da Silva (Faculdade Municipal), Fernando Moro Cechinel (Secretaria Municipal de Turismo), Priscila da Silva (SENAC Palhoça), Francine da Silva (SENAC Palhoça), Karen Quadros (CDL Palhoça) e Luiz Otavio Baasch (CDL Palhoça).

Próximas etapas

O Núcleo Gastronômico já está em funcionamento, mas algumas etapas ainda precisam ser finalizadas para que os trabalhos fluam com mais agilidade.  A principal delas é a definição da organização interna, com nomes específicos para as seguintes funções: Coordenador (coordena todas as ações do NGP CDL e representa este núcleo), Vice-Coordenador (representa e substitui o coordenador na ausência do mesmo), Tesoureiro (audita, controla, arquiva e presta contas das despesas, receitas e documentos financeiros do núcleo), Secretário (convoca, instala, registra e coordena as reuniões do NGP CDL e arquivos do NGP), Gestor de Relações Públicas (estabelece e mantém relacionamento entre nucleados, fornecedores, parceiros, órgãos, representando o NGP CDL), Gestor de Marketing (desenvolve, gerencia e executa um plano de marketing para o NGP CDL), Gestor de Capacitação (propõe, gerencia e organiza as capacitações promovidas pelo NGP CDL) e Gestor Gastronomias Praias (responsável por ser o porta voz de todas as atividades do NGP para as gastronomias localizadas nas praias de Palhoça).

A próxima reunião está agendada para o dia 05/09/2017, às 15h00m, na sede da CDL Palhoça. Na oportunidade, serão definidas as coordenadorias bem como serão oficializadas as gastronomias participantes do NGP CDL.

Programa “Avança Varejo” financia crescimento das empresas

Pensando em criar um ambiente mais favorável ao fomento das atividades do setor varejista, com juros menores e tarifas mais atrativas, o Sistema da Confederação de Dirigentes Lojistas (Sistema CNDL) e a Caixa Econômica Federal (CAIXA) firmaram uma parceria voltada para os lojistas de todo Brasil: o programa Avança Varejo.

O acordo de cooperação Avança Varejo disponibiliza ao associado do Sistema CNDL condições diferenciadas de produtos e serviços conforme a necessidade individual de cada empresa.

O programa faz parte de um rol de inciativas da CNDL direcionadas ao empreendedor associado.

Você pode fazer sua proposta de financiamento pelo site http://www.cndl.org.br/avancavarejo/

Cinco dicas para despertar a criatividade dos funcionários

Quantas vezes escutamos das pessoas e até de nós mesmos que não temos tempo. O tempo é uma grandeza relativa muito discutida em filmes de ficção científica. Pode ser aliado ou inimigo da criatividade. Mas como a parte criativa pode ser ativada no tempo presente? Como fazer uma entrega para um cliente de forma inovadora? Como despertar o instinto de criatividade nos funcionários em um momento de pressão?

O que poucos profissionais percebem é que criar algo está ligado com as experiências que o ser humano já viveu, vive e viverá. Ou seja, é a junção de toda a bagagem que este indivíduo carrega que o faz dar algo realmente novo ao próximo. Estamos na era do digital em que a velocidade das informações influenciam pessoas e, muitas vezes, as fazem perder o foco em muitas atividades.

Neste cenário temos algo ainda mais intrincado: chamar a atenção dessa pessoa com criatividade e a trazê-la para o “mundo real”. A CEO da Francisca Joias, o maior e-commerce de semijoias do país, Sabrina Nunes, trabalha em um ramo em que o internauta está na página dela para adquirir uma semijoia e pode facilmente se distrair e não finalizar a compra.

O que Sabrina enxergou é que não basta ter uma página bonita, de fácil navegação, com produtos únicos e atuais. Era necessário ter criatividade na entrega e em todo ciclo até o momento que o consumidor (a) recebem as semijoias. Por isso, a CEO realizou várias pesquisas e desvenda em 5 passos como ter esta entrega diferenciada.

1.Criatividade e inteligência não são as mesmas coisas

Muitas empresas, no processo de seleção, geralmente entregam testes para os candidatos que envolvem lógica, língua portuguesa, entre outros. Porém, neurologistas já descobriram que a criatividade não é sinérgica a inteligência medida pelo QI. Muitos dos que já ganharam o prêmio nobel não tinham o QI para serem considerados gênios. Se você quer contratar pessoas realmente criativas as questione sobre as experiências que ela já teve pessoalmente e profissionalmente. Os lugares que já conheceu, o que já comeu de diferente, se tem muitos amigos, se já teve contato com outras culturas, todos esses fatores influenciarão na entrega desse funcionário. Vale usar, por exemplo, jogos de tabuleiro para decidir a contratação. A chave para descobrir esse candidato é ouvir e ouvir ativamente.

2. Deixe os funcionários trabalharem fora do escritório

E veja bem, não estou falando apenas de home office. Ideias criativas podem vir lavando a louça, limpando casa, olhando um jardim ou mesmo ouvindo música. Logo, crie um sistema de controle de atividades que este colaborador possa usar em qualquer lugar, isso o possibilita trabalhar independente de estar na sede da empresa ou não. Assim, o funcionário fica livre para exercer suas funções no local que lhe for melhor, desde que entregue algo único.

3. Por mais tecnologia que exista: lembre que pessoas são seres únicos

Seres humanos têm um cérebro complexo e que está sendo cada vez mais descoberto. As pessoas criativas têm a tendência de conectar informações com intensidade. Isso foi diagnosticado com imagens de cérebros no momento dos insights. Assim, opte por funcionários com gostos diversos e menos metódicos.

4. Exercite o sexto sentido

Uma comprovação científica recente propõe que inteligência emocional está ligada a criatividade. Isso porque quando estamos com o estado de consciência relaxado poupa-se energia do cérebro e concomitantemente a criatividade é aflorada. Assim, além dos 5 sentidos centrados no presente, indivíduos criativos tendem a dar valor a intuição que tem haver mais com o inconsciente do que com o consciente. Intercambiar as duas esferas- consciência e inconsciência – ajudam na escolha das melhores decisões. Faça testes lúdicos recorrentes com os seus funcionários, enxerguem as suas necessidades e estimulem a despertarem o sexto sentido nas funções do dia a dia. Já entreguei semijoias únicas devido a vários concursos de criatividade na Francisca Joias.

5. Dê valor para a improvisação dos funcionários

Na hora de criar, o cérebro “desliga” a parte de adequação ao ambiente. Ou seja, padrões esperados não são entregáveis. O indivíduo pode falar muito rápido ao expor a ideia no momento ou, se ele for desenhista rabiscar algo que em um primeiro não faz sentido e nem é compreendido. Isso acontece porque no instante em que está ocorrendo essas conexões neurais a parte ativa é o córtex pré- frontal medial e a parte de padronização adormece. Com isso, dê valor a improvisação. Não quer dizer aceitar um trabalho moroso e/ou não planejado. Mas sim, aceitar outras formas de entrega, de improviso.

> Fonte: Portal Newtrade.

> Texto também publicado no site da FCDL.

CDL Palhoça

Click to open a larger map