Conselho Permanente de Segurança Pública se reúne para discutir melhorias em Palhoça

Conselho Permanente de Segurança Pública se reúne para discutir melhorias em Palhoça

O Conselho Permanente de Segurança Pública – CPSP (formado pela CDL Palhoça, ACIP, Consegs e OAB) esteve reunido na última terça-feira, dia 19/11, e avaliou que os avanços na área de segurança pública no município estão muito aquém do esperado. A licitação das câmeras de monitoramento; a criação de uma central de doações e a campanha de não-doações junto à população, todas sob a responsabilidade da Prefeitura de Palhoça, simplesmente não aconteceram. Por outro lado, o Conselho fez uma auto avaliação que precisa ser ainda mais veemente em suas cobranças. Alguns de seus integrantes tem estado ausentes nas reuniões e o processo de cobrança contínua dos órgãos oficiais (PMSC; PMP; Secretarias de Segurança Pública, de Assistência Social e de Saúde; Polícia Civil) está muito acanhado. Por isso, foi solicitada uma nova reunião com o Secretário de Segurança, Alexandre Silveira de Souza, já para a próxima sexta-feira às 15h, para acompanhar o andamento de todas essas providências, especialmente no que se refere ao Plano Municipal de Segurança Pública. Também decidiu-se pela negociação com uma empresa de monitoramento por câmeras, para a implantação de um “plano-piloto” no centro da cidade, a ser usado posteriormente como referência para a expansão para todas as demais localidades de Palhoça.